segunda-feira, 15 de novembro de 2010

Renato Cartesius

A sensação de que tudo na vida se repete, sempre me deixou maluco. Conforme o tempo passa e a gente vai vivenciando o mundo, passa a ter cada vez mais essa sensação. Como parece que as idéias e o comportamento também seguem essa regra com uma ligeira diferença, chego a conclusão que as coisas não são cíclicas e sim espiraladas. Com o tempo essa espiral vai abrindo e os ciclos anteriores vão apenas influenciando o atual e lá vem o pequeno dejá-vù.

Como não poderia ser diferente, vendo esse vídeo tive mais um deles. Só me resta fazer outra homenagem, mesmo sem ter um xerox à laser, dá pra brindar o cidadão.

Agora vai cabelinho no zóio!

Postar um comentário