domingo, 18 de abril de 2010

P.M. Cheat Sheet

Com alguma experiência participando e acompanhando projetos de software eu criei uma lista simples que eu coletei com minhas observações e também com as observações de meus colegas. A motivação para escrever veio depois que eu estava passeando no site do meu camarada aqui e cheguei nesse outro de podcast de gerenciamento de projetos e enfim em um e-book chamado pmsimplicity, que recomendo.
Pense em um projeto como uma jornada mitológica onde você irá encontrar criaturas estranhas, terá que matar alguns monstros, mas no final, se for um bom observador, a recompensa virá em forma de aprendizado. Lá vai meu pm cheat sheet.

  • Quando: Um projeto DEVE acabar e NÃO vai sair como planejado. Esse é o melhor momento para refletir sobre isso e ter certeza que todos sabem o que significa, inclusive os patrocinadores do projeto.
  • Objetivo: Chegar a um FIM com susto e não num susto sem FIM.
  • Planejar: Planejamento vem ANTES de tudo. Em hipótese alguma mude a ordem dessa frase.
  • Comunicação: PARE agora e preste atenção nesse item. Ele será a sua penitência. Toda vez que algo não sair como planejado, escreva essa palavra em um quadro 92 vezes para lembrar que ela é a única palavra que você deveria lembrar. Isso vale para qualquer outra coisa que você pretenda fazer que envolva mais de uma pessoa ou animal.
  • Ruim, Demorado e Caro: São as três cabeças do Cerberus. Sim, aquele monstro de 3 cabeças guardião das portas do inferno. Sempre que você entra no inferno projeto você tem a seguinte regra mitológica. Para sair vivo, você deve cortar duas cabeças. Se cortar uma ou nenhuma, a sua cabeça tem grande chance de ser cortada. Se cortar as três, prepare-se para acordar, você não está mais na matrix.
  • Papéis: Para entender os papéis pense em um breakfast. As pessoas assumem dois papéis distintos: Porco ou Galinha. O porco entra com o bacon e a galinha entra com os ovos. Quando identificar cada papel, saberá quem está comprometido com o projeto.
  • Respostas: Um projeto procura respostas para três perguntas básicas: O que, quem e como. Um projeto não procura respostas para os porquês. Se perder tempo nisso é porque não respondeu as perguntas básicas. Perguntas do tipo "quando" são as chamadas "pegadinhas" e servem para testar a sua flexibilidade e o seu poder de negociação. Em um projeto real, tenha em mente o primeiro item dessa lista.
É isso. Se não lhe servir pra nada, pelo menos eu me diverti. :o)

Postar um comentário